quinta-feira, 14 de abril de 2011

JOSÉ ACACI CHORA EM VERSOS A MORTE DO POETA IRAN DE BRITO MARROCOS

         
Iran Marrocos (Camisa laranja)

         Vitima de uma AVC, morreu ontem o pedagogo, jornalista, marketólogo, professor, escritor e poeta Iran Marrocos. Atualmente morava em Manaus, mas boa parte de sua vida foi em Parnamirim. Na cidade Trampolim da Vitória, foi diretor da empresa Coca Cola e candidato a vereador. Amava a vida e as letras.
            Iran Marrocos era um apaixonado pela cultura, chegando a militar em vários projetos. Inclusive junto ao poeta José Acaci, que encaminhou a redação do Potiguar Notícias, a seguinte nota:
           “É com extremo pesar que noticio o falecimento na noite do dia 12 de abril 2011 do nosso amigo Iran de Brito Marrocos. Iran foi um exemplo pra mim e para todas as pessoas que o conheceram. Amigo daqueles que a gente lembra com saudades e que, de vez em quando, dava vontade de ligar só pra conversar um pouco e aprender sobre a vida, sobre o mundo sobre tudo. Iran era um poço de sabedoria, de respeito, de bom humor e principalmente amor e amizade. Vai deixar saudades aos amigos da Coca-Cola, onde foi gerente de propaganda por 23 anos, amigos dos Encontros de Violão de Parnamirim, do qual foi apresentador por vários anos, do Beco da Lama, de quem falava com tanto carinho, da Faculdade Câmara Cascudo, onde foi professor, da SPVA/RN, que frequentava e de vez em quando mostrava seus dotes artísticos. Enfim, a todos os muitos amigos que Iran soube ao longo da sua vida prezar, fortalecer e mostrar sinceridade. A emoção da sua perda me deixou incapaz de me inspirar, no entanto encontrei nos meus arquivos esta poesia que escrevi no dia 28 de junho de 2008, quando fizemos uma festa de despedida na sua partida para morar em Manaus com promessa de brevemente voltaria a nossa terrinha.”
         Como poeta José Acaci, encontrou nos versos a melhor forma de homenagear o jornalista Iran Marocos. Eis os versos de Acaci. 

Já faz quase trinta anos
Que eu conheci Iran,
E mais do que seu amigo,
Eu também virei seu fã.
O “baixin” da Coca-cola 
Sempre foi uma escola
De brio e autenticidade,
E foi com esse professor
Que eu aprendi o valor
Da verdadeira amizade.

Num momento muito triste
Que no passado se vai
Senti sua mão no meu ombro
Quando Deus levou meu pai.
Foi ele quem me animou
E depois me incentivou
Com seus presságios fiéis,
A mostrar minha faceta...
A retirar da gaveta,
E publicar meus cordéis.

Um “irmão” é um amigo
Que a natureza lista
Mas “amigo” é um irmão
Que o coração conquista.
Volte pro seio materno
Levando um abraço fraterno
Dos que ficam por aqui,
E nem preciso dizer
Pra você não esquecer
Do seu amigo Acaci.

Você que planta a semente
Da amizade verdadeira,
Vá, porém leve consigo,
Marcas de uma vida inteira.
Leve na sua bagagem
Votos de boa viagem
Que ensejo de coração,
E assino embaixo o que digo:
Mais do que um grande amigo
Você é meu grande irmão.

Fonte: www.potiguarnoticias.com.br

3 comentários:

  1. Um poeta que se vai deixa o mundo mais triste... o que nos conforta é que alguns estão deixando as suas palavras e a sua poesia para ser desfrutada por outros, apesar de não conhecê-lo desejo que "Terra lhe seja leve" e aos que ficam meu abraço e meu carinho, tranquilizem-se: O Poeta está com Deus! abraços, Sírlia Lima

    ResponderExcluir
  2. Tive o prazer de ser aluno de Marketing do Professor e amigo Iran Marrocos, de modo que, vai ficar na lembrança os bons papos em sala de aula e nos eventos culturais nos quais participamos. Pessoas como ele, certamente Deus tem um lugar especial.

    ResponderExcluir
  3. Saudades do nosso grande mestre Prof. Iran Marrocos.

    ResponderExcluir