quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

VOCÊ É LUZ, É RAIO, ESTRELA E LUAR !

Morre o Cantor Wando


       Depois de vários dias internado no hospital Biocor, em Nova Lima (MG), o cantor e compositor Wando morreu aos 66 anos de idade.
       O romântico e sedutor cantor deu entrada no hospital mineiro no último dia 27 e foi submetido a uma angioplastia coronariana em caráter de urgência, para desobstrução das artérias do coração, o organismo de Wando não reagiu a situação.
       Wando estourou nas paradas de sucessos nos anos 80 com músicas como Fogo e Paixão e Gosto da Maçã, entre outros sucessos. Outra característica que marcou a carreira do cantor foi o fato de que, durante seus shows,  calcinhas e mais calcinhas eram jogadas pelas fãs ao palco. Morre o cantor e fica imortalizada sua obra ROMANTICA!
       Wanderley Alves dos Reis compositor e cantor mais conhecido como Wando, nasceu em Cajuri, Minas Gerais. Mas foi em Volta Redonda que Wando iniciou sua carreira enquanto trabalhava de motorista de caminhão e feirante para se manter. Ainda sim, arranjava um tempinho para compor suas músicas e batalhar pelas suas gravações.
       Em 1973, o cantor Jair Rodrigues foi o primeiro a gravar uma canção sua "Se Deus Quiser", em parceria com Wando. Neste ano também, o cantor gravou um compacto simples com a música "Maria, Maria" que rendeu seu primeiro álbum intitulado "O Glória Deus no Céu e Samba na Terra". Em 1974, a cantora Angela Maria também gravava uma composição de sua autoria "Vá, Mas Não Volte". Este ano trouxe o sucesso definitivo para Wando com o LP "Moça" que vendeu mais de um milhão de discos. O cantor é conhecido por distribuir calcinhas em seus espetáculos e em seu CD "Chacundum", lançado em outubro de 1997, mostra um vistoso varal só de calcinhas em sua capa.
       Entre inúmeros álbuns o último trabalho é de 2005, "Romântico Brasileiro e Sem Vergonha". Destaque para os grandes sucessos: "Fogo e Paixão", "Mordida na Maça", "Chora Coração", "Jardim de Amor", "Moça" entre tantos. Hoje, Wando é conhecido em todo o país como símbolo da música romântica nacional.

Por Elizabeth Misciasci
Revista zaP!

Um comentário: